23
Dezembro
Odontologia | Saúde | Dicas | A2R Benefícios

Plano de saúde odontológico - Dicas para escolher o melhor para você e para sua empresa

Imagem: Freepik/A2R Benefícios


A saúde bucal está diretamente relacionada à expectativa de vida, então é importante mantermos os dentes em boas condições.

Tratamentos odontológicos particulares são caros e nunca se sabe quando você pode precisar. Uma boa forma de proteger seu orçamento contra gastos inesperados e garantir sua saúde bucal são os planos odontológicos.

Mas como saber qual é o plano odontológico mais indicado para o seu caso?

Confira algumas dicas que podem ajudar na hora de contratar o que melhor atende suas necessidades e se proteger contra surpresas desagradáveis.

• Conheça suas necessidades O plano odontológico é como o plano de saúde, não adianta ter o preço mais baixo se ele não atender as reais necessidades da sua família. Bem como não vale a pena pagar mais caro se não for realmente usar tudo o que ele oferece.

Para você é mais importante um plano que cubra implantes dentários ou um que ofereça clareamento ou manutenção de aparelho ortodôntico? Cobertura nacional para quem viaja bastante ou um plano regional é suficiente? A rede de atendimento próxima a você é ampla?

Faça uma lista com as suas necessidades e use-a para avaliar as opções de planos disponíveis.

• Procure a melhor operadora para você Agora que você já sabe quais são as suas necessidades, será importante pesquisar bem as opções de operadoras.

Primeiramente, é indispensável que a empresa seja autorizada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, responsável por regular todos os planos de saúde e odontológicos.

Pesquise diversos planos odontológicos e examine todas as suas opções disponíveis. Peça detalhes sobre os procedimentos inclusos na cobertura dos planos oferecidos e compare contratos de diferentes empresas para ter certeza de que suas necessidades serão atendidas.

• Tipos de coberturas e procedimentos Procedimentos comuns: São serviços básicos classificados como procedimentos de manutenção e preventivos.

Procedimentos intermediários: Serviços corretivos e tratamentos de doenças periodontais e problemas dentários como curativos, colagem de fragmentos e cirurgias na gengiva, por exemplo.

Procedimentos complexos: Estes procedimentos geralmente envolvem problemas graves que exigem maior atenção como extrações e tratamento de canal.

Serviços que não são cobertos: Alguns planos odontológicos não possuem coberturas para procedimentos estéticos, implantes dentários, bichectomia, clareamento e implantação de aparelho ortodôntico, por exemplo.

Existem diversos formatos de planos odontológico com condições diferentes, sendo planos empresariais, familiares e individuais que cobrem diversos serviços e possibilitam reembolso ou descontos para procedimentos que não fazem parte da cobertura escolhida.

• Carência O período de carência pode variar de acordo com a operadora e plano oferecido. Durante este período, que é previsto por lei, o segurado não poderá realizar alguns procedimentos. Verifique se o plano possui alguma carência e, caso haja, verifique se este é um empecilho para a contratação.

• Tire todas as suas dúvidas O consultor especializado poderá te ajudar esclarecendo todas as suas dúvidas sobre os planos, como coberturas, preços, abrangência e mais perguntas que possam surgir.


Devido à grande variedade de ofertas de planos disponíveis no mercado, ainda há chances de fazermos a escolha errada mesmo após realizar pesquisas.

Para evitar que isto aconteça fale com profissionais especializados que possam oferecer acesso às melhores propostas, de acordo com as suas necessidades.

Aproveite e solicite agora sua cotação sem compromisso e veja como a equipe A2R Benefícios pode ajudar a escolher o melhor plano de saúde odontológico para você e sua empresa.

odonto #saúde #odontologia #saudebucal #boca #vempraa2r