12
Janeiro
Plano | Saúde | A2R Benefícios

Reajustes no plano de saúde podem passar de 40% do valor

Imagem: Freepik/A2R Benefícios


Além do reajuste anual previsto por lei para o ano de 2021, em janeiro as cobranças passam a incluir o aumento anual adiado em 2020 e aumento referente à mudança de faixa etária.

Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a cobrança do reajuste anual de 2020 foi adiado para 20,2 milhões de beneficiários e 5,3 milhões de usuários não tiveram reajuste relativo à mudança de faixa etária.

A cobrança referente ao reajuste de 2020 será cobrada em 12 parcelas iguais a partir de janeiro. Excepcionalmente, será permitida a recomposição em um número menor de parcelas, caso seja solicitado pelo beneficiário, pela empresa contratante ou pela administradora de benefícios.

Também será permitida a recomposição em mais parcelas, desde que haja acordo entre as partes.

A fim de deixar claro ao consumidor quais são as cobranças feitas, será necessário constar de forma clara no boleto as informações do valor da mensalidade, valor da parcela relativa à recomposição e o número da parcela referente ao mês vigente (exemplo: parcela x/12).

Fonte: https://bit.ly/3nLDY37